quarta-feira, 30 de maio de 2012

Capa para Cafeteira

Adoramos tomar café! De todos os tipos, mas o preferido é o espresso (com s, café "espremido").
Temos uma máquina para isso, ela fica na bancada da cozinha, bem funcional, mas tomando um sol danado!


Colocar cortina? Não, outras coisas gostam do sol. A solução foi fazer uma capa.
Tomei como inspiração o trabalho da Ayumi, http://ayumills.blogspot.com.br/2011/10/12-gifts-of-christmas-blog-hop.html .
Comecei tirando as medidas da cafeteira, largura e altura, 83cm X 33cm. Em seguida, desenhei, com giz de cera, a parte de cima.
Depois, foi só cortar dois retângulos com as medidas e duas "tampas" com o desenho de cima. Usei tecidos que sobraram de outra costura.



Também já cortei, com as mesmas medidas, o retângulo e a tampa de manta acrílica termo-colante. Para aquelas que não colam passando a ferro, existe um spray colante.
Depois de carimbar com o ferro para colar, "quiltei" um lado, tanto da tampa quanto do retângulo. Escolhi o de joaninhas...
Por enquanto, só sei fazer o quilt reto e a máquina veio com um acessório muito prático para ficar tudo paralelo!


Essa é a parte cansativa! Mas fica bem legal quando pronta!
Depois, é só juntar direitos e costurar as bordas, tomando o cuidado de deixar um pedacinho livre para desvirar tudo.





É claro que tem que fechar cuidadosamente essa aberturinha em seguida.
Agora, o desfaio: unir lateral e tampa! Alfinetei... sem fechar a lateral ainda. Assim fica mais fácil de passar na máquina.

Passei a costura com todo o cuidado, começando pela parte de trás da tampa.
Mesmo assim, desconsiderei o fato de que costuras arredondadas "comem" um tanto do tecido. A lateral não fechou!
Precisaria ter aumentado um pouco o tamanho dos retângulos.
Não foi um problema, porque já tínhamos decidido colocar um elástico atrás para aumentar a lateral e ficar mais fácil de pôr e tirar a capa diariamente.
Depois, foi só vestir a máquina. Ficou ótima! 




terça-feira, 29 de maio de 2012

Rosas Amarelas

Para você, as rosas do nosso jardim. Mesmo à noite, lindas amarelas.
Que elas iluminem nosso andar, dia e noite.




Elas compartilham o espaço (aéreo) com crotalária e labe-labe. Mas a terra, compartilham com muitas outras plantas e seres.

A vida é encontro. Para todos.

Emancipação

Dia bom, hoje.
Dia de rosa amarela, dia de comemorar os 7 anos com a emancipação cuidada, cuidadosa, amorosa, gratificante. Obrigada.




Dia de decidir abrir os braços e o coração para acolher mais um membro de nossa família. Mel. 
*Hoje, dia 10 de julho, temos a confirmação de que a Mel ficará com seus 1ºs donos. Afinal, como ficar longe dela? Que todos sejam felizes! Esperaremos outro felino nos encontrar...  ;)


Dia de costurar, de cozinhar, de abraçar, de ouvir, de beijar, de ensinar... 
Um dia bom, como muitos outros.

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Venha, por favor, venha

Sete conselhos do Mevlana
1. Em generosidade e em ajuda aos outros, seja como o rio.
2. Em compaixão e graça, seja como o sol.
3. Com os defeitos dos outros, seja como a noite.
4. Em raiva e irritabilidade, seja como um morto.
5. Em modéstia e humildade, seja como a terra.
6. Em tolerância, seja como o mar.
7. Seja como você aparenta ser e aparente ser o que você é.


Rumi

"...Venha, por favor, venha
Seja você quem for.
Religioso, infiel, herético ou pagão.
Mesmo que tenha feito promessas uma centena de vezes.
Mesmo que tenha quebrado suas promessas uma centena de vezes.
Esta caravana não é a caravana do desespero.
Esta porta está aberta para todos.Venha, venha, seja você quem for." 

(Rumi- Mawlānā Jalāl-ad-Dīn Muhammad Rūmī )

sufi






domingo, 27 de maio de 2012

Casa


Inauguração

Adiei essa inauguração o máximo que consegui. 
Começar um blog, me expor, deixar que todos possam me conhecer parece assustador.
E se não for bom o bastante?
Mas não deu para esperar mais. Preciso compartilhar.
Abri esse espaço para que seja uma oportunidade de mostrar o que estou/estamos fazendo dentro e fora de casa, no jardim e em nós mesmos para viver melhor.
Conversaremos sobre muitas coisas. Agricultura orgânica, permacultura, terapias e tratamentos complementares, arte, literatura, educação, religiosidade, corte e costura, gatos, pássaros, família, música, culinária. Tudo que faz parte da vida é interessante e todos são importantes. Sintam-se convidados e acolhidos.

Para começar, coloco uma foto da canjica que fiz ontem, com cravo e canela, "quaaase" seguindo a receita de trás do pacote.


Uma orquídea do jardim, uma caneca que eu adoro e uma toalha que eu costurei para nossa cozinha.
Canjica nessa época é uma delícia, tem gosto de aconchego, de infância. 
Foi a primeira vez que consegui fazer uma receita decentemente, sem sujar todo o fogão.

Compartilhar fotografias é emprestar nosso olhar ao outro.