sexta-feira, 4 de setembro de 2015

um novo jardim

Porque jardins são bem-vindos sempre e precisamos deles para recolorir o belo dentro do peito que dói.
Essa casa tem um daqueles espaços destinados a um jardim de inverno.
Não sei por que tem esse nome, mas preferimos criar um jardim nada inverno nele.
Levamos um bom tempo imaginando e conversando sobre o que fazer, mais um tanto inventando como fazer e por fim, pondo a mão na massa.
Construir um jardim era nosso plano desde que nos mudamos, mas, naquela época, só seguimos a ideia já existente: vasos.
O que foi ótimo, porque hoje temos muito mais conhecimento para montar um jardim no meio do corredor.
Para preservar o piso, usamos um tipo de lona própria para montar lagoas, prendemos com madeira e finalizamos com silicone. Fica melhor no plural, mas quem fez mesmo foi ele. ;)


Dá pra ver que a saída de água foi preservada sem que escorra pelo piso
Na sequência: argila expandida, manta, areia, terra e terra vegetal.



Imprescindível ter um sistema de armazenamento da água da chuva para garantir a rega do jardim, por isso um tambor de 250l na saída da calha.

Devidamente tampado para evitar reprodução de mosquitos 
Foram muuuuitos sacos de terra

 Plantar e decorar: plantas, pedras, buda.
porque junto é muito mais legal

O buda precisava de energia elétrica pra circular a água. Então, instalação elétrica:
 

E a hirrigação constante:



Tudo feito como um bom tempero: funciona sem roubar a cena.





Agora é aproveitar e ver tudo crescer. Inclusive nossa sensibilidade.
Que o belo nos ajude a ser gente.


Nenhum comentário:

Postar um comentário